Manual Contra Assaltos no Centro do Rio de Janeiro

manual-contra-assalto

MANUAL CONTRA ASSALTOS NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO

CRIEI DEVIDO A EXPERIÊNCIA QUE TIVE FILMANDO ESSES DELITOS.

A QUANTIDADE É MUITO MAIOR DO QUE VOCÊ IMAGINA. POIS, A MAIORIA DOS ROUBOS NÃO SÃO REGISTRADOS.

Com essas dicas você pode ajudar a diminuir os assaltos e consequentemente desestimulá-los a virem para cá. Pois, se os furtos e roubos vão dando certo, mais animados eles ficam e mais amigos eles convidam.

1 – Não utilize cordões ou pulseiras de Ouro. Evite também material similar.
(mesmo não sendo de Ouro, na dúvida, eles arrancam para conferir e podem machucar seu pescoço,braço,orelha…) Evite também andar com algo de valor e cuidado com mochila ou bolsa nas costas, porque eles vem de fininho e abrem sem você notar.

2- Evite utilizar celular nas ruas ou nos bolsos da calça aparecendo. (ainda mais bolsos traseiros) Eles adoram essa moleza que você dá para eles. Se quer usar o celular, entre em uma galeria, loja ou pare perto de um PM ou GM.

3- Mulheres e idosos são as preferências deles. Eles não se intimidam com homens, mas preferem mulheres e idosos. Portanto, antes de sair de algum lugar, dê uma olhada e planeje o trajeto. Evite passar por lugares ermos sozinha(o). Ainda mais a noite.

4- Não ande distraída(o) pelas ruas do Centro, pensando que está em Nova York. Cuidado também, quando entrar em caixas eletrônicos para sacar. Evite entrar sozinho e antes de entrar veja quem está. Ao sair dos bancos cuidado. Evite sacar quantias altas. As vezes eles tem informantes dentro dos bancos fingindo que vão depositar para observar quem faz saques.

5- Tipos de ladrões e suas características: Em sua maioria, dá sim para notar que alguns pedestres são ladrões. Fique mais atento ao seu redor. Atente a comportamentos. Geralmente andam em grupos e um pouco espaçados uns dos outros. Nos grupos, as vezes tem algum junto, só que do outro lado da rua para dar cobertura. Mas também tem os que andam sozinhos. Já vi grupos de até 20 ladrões
(arrastão). Se ver ou desconfiar de algo, não arrisque a sorte, mude o percurso. Alguns se disfarçam de morador de rua, de vendedor de bala, de engraxate, de pedinte…Tem também os que nem disfarçam. Existem grupos que andam até bem arrumados para não dar na pinta. Mas acabam dando na pinta porque o comportamento deles, de ficar olhando assustados, os entrega. Geralmente eles andam sem nada nas mãos, enquanto o trabalhador/estudante sempre está carregando algo. Se você passar a reparar em cada cidadão, você notará a diferença de comportamento. O traje mais utilizado por eles é bermuda, camiseta, tênis ou chinelo. As vezes com boné também. Passe a olhar mais ao seu redor. Repare mais nas pessoas. Você vai aprender a distingui-los. Se ver eles com garrafa de água na mão e cheirando a garrafa, passe longe. Estão cheirando cola e quando cheiram ficam alucinados. Aliás, em muitos casos, consomem algum tipo de drogas antes de agirem. Existem também os que andam maltrapilhos, só de bermuda e descalços. De vez em quando dê uma olhada para trás, já que Deus não nos deu olho atrás. Para disfarçar, após roubarem, eles trocam de camisa um com o outro e até o vestuário todo. Colocam o cordão na boca e se for o caso até engolem. Cuidado com os de bicicleta também. Eles vem nas calçadas ou beirando as pistas para dar o bote. Ficam atrás de pilastras e bancas de jornais. Adoram assaltar nos sinais na hora que as pessoas estão preocupadas em atravessar.

6- Não reaja se for pego em determinada situação. Pois eles se ajudam, se defendem e pode ter um com faca, pedra ou revólver. Mas usam mais facas, pedras e na mão grande mesmo.

7 – Não ande pelos cantos das calçadas e viradas de esquinas distraído.

8- Lugares que mais adoram atuar e ficar: Av Presidente Vargas da Central a Candelária. Campo de Santana, Av Rio Branco, Av Nilo Peçanha, Rua da Carioca e Largo da Carioca, Rua São José, Av Chile, Rua Uruguaiana, Av Pres Ant Carlos, Praça XV, 1º de Março… Caramba, o Centro todo praticamente. Ah, ali nas redondezas do camelódromo, nunca ouvi falar que roubam. Ali, eles parecem respeitar. Sinceramente, já vi mais do que 300 ladrões diferentes só no Centro.

9 – Lembrem-se e tenham sempre em mente: eles são maus e podem até matar, se necessário for, por nada. Eles não tem nada a perder. Eles não tem medo de nada e nem da polícia, quanto mais de você. Se a Polícia não dá conta deles, quem dirá você. Alguns quando pegos, choram, imploram, ficam humildes e tudo o mais. Mas quando soltos, barbarizam de novo. Prova de que sabem o que estão fazendo. Eles sabem direitinho os direitos deles.

10- Ah. ia me esquecendo, tem muitas garotas e mulheres com eles que também roubam. Existem adultos só para distribuir/vender cola para eles e até indicar uma vítima (é incrível isso, mas é verdade).

Por hora é isso. Se cuidem. Fiquem mais ligados. Avisem aos seus amigos que o negócio é sério e está grave. Afinal, sua vida está em jogo de verdade. Quem avisa, amigo é!

Por que falo em gravidade? Porque muita gente não sabe que a maioria é menor e quando vão presos, no dia seguinte são soltos e entregues para seus pais na vara de infância e juventude. Ou seja, é como enxugar gelo.

Quer fazer um teste? Passe a andar nas ruas reparando quem seria um presa fácil. Você verá que é muita gente dando mole com cordões, celulares e outras coisas.
Eu tento avisar, mas não dá para avisar a todos.

Isso tudo serve para outros bairros também!

Abraços e em breve darei outras dicas. Se cuidem. O Centro virou uma espécie de garimpo para eles.

A regra principal é não dar mole. É ter malícia. A oportunidade faz o ladrão.


Tentativa de fuga neste Domingo no DEGASE

13113072_996986890378920_284375426_o 13112444_996987097045566_493204260_o 13128871_996987073712235_1065139386_o 13113344_996987047045571_1801469254_o 13112526_996986947045581_1165578019_o 13106006_996986937045582_1258141102_o 13105979_996986927045583_1748835467_o 13106715_996986923712250_1280550247_o 13128949_996986900378919_642501788_oTentativa de fuga e princípio de motim em unidade do DEGASE: Na tarde deste domingo (01/05), após a visita dos familiares aos menores infratores que estão internados na Escola João Luiz Alves, na Ilha do Governador, tentaram uma fuga em massa da unidade. Após a visita, inicialmente houve um desentendimento entre os próprios internos, ainda não se sabe se simulado ou se foi fruto de algum problema na visita. Após a visita, na hora de retornarem para os seus alojamentos, treze internos tentaram fugir por um matagal que fica ao lado da unidade. Enquanto isso, outros internos, que já estavam guardados, passaram a chutar as portas da cela, ameaçando os Agentes do local. O Grupamento da Ações Táticas da PM (GAT) foi acionado, assim como policiais de outros batalhões. Cerca de vinte policiais estão na unidade. Até tiros foram disparados no interior da unidade de internação masculina do DEGASE. Agentes de Segurança do DEGASE de outras unidades também foram acionados para dar apoio no local. A princípio, nenhum Agente foi ferido. Não se sabe ainda se algum interno fugiu ou se feriu, nem quais danos foram ocasionados na unidade. Os Agentes informaram que bem provavelmente, hoje ainda haverão mais problemas criados pelos internos em desdobramento a essa tentativa de fuga. Os internos envolvidos devem ser conduzidos para a 21DP (Bonsucesso), porém os Agentes de Segurança do DEGASE, que não possuem porte de armas, estão avaliando se realizam o registro de ocorrência hoje ou amanhã, em virtude da Delegacia se encontrar em área de risco, recentemente alvo de ataques de criminosos, a exemplo da Cidade da Policia, que foi atacada semana passada.O motivo da tentativa de fuga e do motim, foi a recusa de um pai de interno a se submeter à revista íntima. O familiar começou a desacatar os servidores, dizendo: “Não conheço vocês como nada”, “não vou me submeter a isso”, “só vou ser revistado se o policial mandar”. Como os Agentes informaram ao pai do menor que sem a revista, ele não entraria, ele acabou aceitando ser revistado, porém contou ao filho o ocorrido. O menor, Inconformado, resolveu então orquestrar uma fuga e tumulto na unidade. Após a visita e no final da tarde, treze internos empreenderam fuga em direção à portaria principal da unidade. O Sub Tenente da Polícia Militar que estava de serviço em apoio na segurança do local, efetuou dois disparos de pistola para o alto, fazendo com que os infratores retornassem para o pátio externo da unidade, onde foram contidos pelos Agentes do DEGASE. Após a contenção, começou a tentativa de motim no ibterior, com internos ameaçando os Agentes de morte e chutando as portas de metal dos alojamentos. Neste fato, mais oito internos foram identificados como autores do motim, totalizando um total de 21 adolescentes que estão sendo conduzidos à 21DP (Bonsucesso), onde será feito o registro de ocorrência.”


Vídeo mostra novos flagrantes de roubos no Centro do Rio

PM diz que áreas de maior incidência criminal têm segurança reforçada. Imagens foram gravadas no dia 20 de abril.

Mais uma vez menores de idade foram flagrados praticando roubos em plena Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio, mas a polícia não consegue impedir os assaltos. Os vídeos foram gravados no dia 20 de abril.

Nas imagens exibidas no Bom Dia Rio nesta segunda-feira (2) um garoto aparece caminhando entre os carros e ataca uma motorista que está em um Fiat Pálio preto, com o braço pra fora. O menino arranca o que parece ser uma pulseira e sai correndo entre os carros. Um homem ainda tenta interceptá-lo, mas não consegue.

Em outro flagrante, um grupo de quatro rapazes caminha na calçada central da Presidente Vargas. Um deles se separa do grupo e caminha entre os carros. Ele para atrás de uma moto com duas pessoas. Em seguida avança no pescoço do motociclista e arranca o que parece ser um cordão e sai correndo com outros rapazes.

Em nota, a Polícia Militar informou que houve reforço de policiamento nos pontos de maior incidência criminal: Central do Brasil, Rua do Passeio, Largo da Carioca, Avenida Presidente Vargas, Avenida Rio Branco e Campo de Santana. Segundo a corporação, foi criada uma equipe de abordagem com um oficial e dois agentes do Serviço de Inteligência da PM que atuam em toda a área monitorando os pontos com maior concentração de pedestres.

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/05/video-mostra-novos-flagrantes-de-roubos-no-centro-do-rio.html